PUBLICAÇÕES DO BLOG

Auxiliares comuns na estrutura da CDU

CDU-Descoplicada

udcc cduport2

A estrutura das tabelas da CDU

A CDU está organizada em tabelas principais e auxiliares.

As principais, também identificadas como classes principais, são numeradas de zero a nove, abrigando as notações primárias para representar campos do saber. Atualmente a tabela quatro está vaga e se considerarmos que a CDU é oriunda da CDD. Os assuntos de  Língua foram colocados com Literaturas na classe 8.

A característica mais inovadora e influente da CDU é sua notação auxiliar, ou seja, os sinais e subdivisões criados para permitir a construção de números compostos ou sínteses. Um número composto ou síntese se obtém pela reunião de elementos extraídos de mais de uma parte do sistema.

As tabelas auxiliares por sua vez podem ser comuns e especiais. As tabelas auxiliares comuns se dividem por sua vez em independentes e dependentes. Vamos conhecê-las? 

Auxilires comuns independentes

Os auxiliares comuns são de dois tipos: os auxiliares independentes e os dependentes.

Os auxiliares independentes podem ser usados isoladamente, aplicados a qualquer classe ou citados antes de uma classe, enquanto os auxiliares dependentes só podem ser usados para especificar uma notação da CDU.

As subdivisões auxiliares comuns independentes são:

Auxiliares Comuns de Língua – indicador de faceta =… ;

Auxiliares Comuns de Forma – indicador de faceta (0 );

Auxiliares Comuns de Lugar – indicador de faceta ( );

Auxiliares Comuns de Grupos Étnicos e Nacionalidade – indicador de faceta (= );

Auxiliares Comuns de Tempo – indicador de faceta “ “.

Auxilires comuns dependentes

As subdivisões auxiliares comuns dependentes são de dois tipos:

1)Especificação de assunto através de notações que não pertencem a CDU:

a) introduzidas pelo asterisco *, estas notações de outros sistemas notacionais servem para atingir um nível de especificação do assunto que não seja possível representar através das notações da CDU;

b) especificação pelo acréscimo direto de letras A/Z para nomes próprios, suas abreviaturas e acrônimos, bem como para outras especificações que se façam necessárias.

2)Especificação de assunto pelos Auxiliares Comuns de Características Gerais

Sendo 4 a saber:

-02 Auxiliares Comuns de Propriedades;

-03 Auxiliares Comuns de Materiais;

-04 Auxiliares Comuns de Relações, Processos e Operações;

-05 Auxiliares Comuns de Pessoas e Características Pessoais.

Se você entende que sua formação não trouxe o embasamento legal que a prática profissional sempre exigiu,
Se está na graduação e no seu primeiro estágio está tendo contato com a CDU e simplesmente se sente perdido(a)

Se as aulas de representação temática não passaramm nem perto do que você sabe que deveria aprender.

E se você quiser dar um passo além do aprendizado rápido e teorico da ordem de citação e de arquivamento da CDU no site.

Sim, tem curso completo com mais de 20 videoaulas para você em menos de 60 dias entender de forma descomplicada o que realmente importa na prática da classificação, nas aulas da graduação e até mesmo no acerto das questões de concursos públicos. 

Tudo 100% online ! Se decidir aprender além é só clicar e eu te encontro do outro lado!

E como já fui estudante e sei que as coisas não eram fáceis quando o assunto era investir em capacitação, quem comprovar que é estudante da Biblioteconomia de qualquer universidade ou instituição de ensino pública ou particular, chama no chat que depois de clicar no botão que tem umA surpresinha especial !

Compartilhe com quem quer aprender sobre

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Conteúdos relacionados que você pode se interessar

Entre para a comunidade BD

repositório do zero com dspace

50% off

Válido até 21 de Março de 2021